Cléa Sá

Poesia de 1º de outubro

Meu coração está batendo pelo teu…

Odeio este jornal que me separa de ti

Me separa de ti…

Me separa…

 

Gosto da minha mão quando há um elástico no punho.

Ou mesmo um barbante branco,

Esfiapado,

Desses que os padeiros usam para embrulhar

O pão.

Então os meus dedos ficam longos e repousados

E parecem não dizer nada

Rindo-me de dentro de um silêncio que me apraz.

 

Baixa teu jornal, homem!

 

Ana Cristina César

Sem comentários ainda.