Cléa Sá

Como se fosse um desenho muito animado

Traço por traço

O fizeram palhaço

tinta por tina

pingo por pingo

nasceu num domingo

um chapéu de desagradável  leveza

nunca parava em sua cabeça

um pouco por educação

um nada por piada

as calças, o suspensório, o lenço que ora estava ora não estava…

naquele pequeno círculo o mundo era imenso

com trupicadas em pedras invisíveis

escadas inconcebíveis

portas que levavam ao nada

tanto de ida

quando de vinda

quem não perderia a paciência?

 

Dia após dia

Noite após noite

O melhor pedaço da alma humana

Passava por ali

Só para nos fazer sorrir

 

Vicente Sá

 

Sem comentários ainda.