Cléa Sá

Cléa no casulo

Vai que eu viro um passarinho
e amanhã,bem de manhã
vou trinar forte na 215
acordando minha irmã

vai que eu viro uma lagarta
e me escondo na gaveta
ela busca um cigarro
e me encontra borboleta

vai que ela se incomoda
grita cobra e lagarto
mas eu vim só para ela
e não saio mais do quarto

vai que ela se irrita
e com um verso me exorciza
eu então volto a ser eu
e ela uma poetisa

mas se ela não sorrir
e escolher outro caminho
vamos morar na gaveta
borboleta e passarinho

Vicente Sá

Sem comentários ainda.