Tim Page – A guerra e além

Um dos mais conhecidos fotógrafos de guerra da geração notabilizada pelas imagens dos conflitos na Indochina, Tim Page quase teve o mesmo destino trágico de outros como Robert Capa, morto por uma mina terrestre em 1954 e João Silva, que perdeu as duas pernas no Afeganistão em 2010. Gravemente ferido por uma mina em 1969 que lhe causou hemiplegia e enormes danos cerebrais, Page retornou aos campos de batalha realizando trabalhos estupendos no Afeganistão, Timor Leste, Camboja etc.
Ele também esteve em Cuba, nas Ilhas Salomão e, nas últimas décadas, tem se dedicado ainda à fotografia de shows de rock e blues, além de lecionar fotojornalismo. Vencedor do Robert Capa Award (principal prêmio mundial para fotografia de guerra que no ano passado agraciou o brasileiro André Liohn http://cleaecia.com.br/andre-de-liohn/#.UVXsvhmhAy4 ) e autor de mais de dez livros, incluindo o fantástico Réquiem (só com imagens produzidas por fotógrafos mortos no Vietnã), atualmente Page só deixa sua casa na Austrália em raras ocasiões. Mas, consciente do perigo das minas terrestres para os civis, especialmente os fotógrafos, segue contribuindo com grupos humanitários sobre o tema. Foi nessa condição que Page se dispôs graciosamente a nos honrar com um belíssimo prefácio para nosso livro América Minada (http://www.mediaquatro.com/minas-livro.html).

Mais imagens de Page podem ser acessadas em sua página oficial http://www.timpageimage.com.au .

 

Uma opinião para “Tim Page – A guerra e além”

  1. suienny
    31/03/2013 at 00:47 #

    Parabens Eugenia, sempre nos trazendo uma imagem nova atraves de lentes diferentes,
    Um grande beijo!