Steve McCurry

Steve McCurry, que registrou a famosa refugiada afegã de olhos verdes, almeja encontrar na fotografia o sentido de sua própria vida.

A jovem afegã, Sharbat Gula, hoje com 40 anos, foi fotografada no Paquistão e teve sua imagem publicada pela primeira vez na National Geographic em junho de 1985, criando a fama internacional de McCurry. O nome da menina só foi descoberto em 2002, quando ele fez um novo retrato seu. Sharbat vive hoje no Afeganistão, para onde retornou em 1992. Foto aparentemente simples, quase um 3×4 de identidade, a verdade traz muitas informações e contrastes. É a beleza preservada na guerra, com a linda relação cromática dos tons de verde e vermelho dos olhos e das vestes puídas.

McCurry, que começou a sua carreira de fotojornalista cobrindo a ocupação soviética do Afeganistão, teve de usar vestimentas típicas para se disfarçar e esconder seu equipamento. Suas imagens estavam entre as primeiras do conflito e por isso foram largamente publicadas. Sua cobertura acabou ganhando a cobiçada Robert Capa Golden Medal, o maior prêmio internacional para fotografia de guerra. Ele continuou a fotografar conflitos internacionais no Afeganistão e em outros países como Camboja, Filipinas, Líbano, além da guerra Irã-Iraque e da primeira invasão estadunidense do Iraque (1991). Apaixonado pela fotografia analógica, apresentou no Brasil há cerca de dois anos um lindo ensaio intitulado O Último Rolo de Kodachrome, batido com o quase mítico filme slide colorido da hoje falida Kodak. Não por acaso, foi o filme escolhido para a famosa foto de Sharbat.

2 Responses para “Steve McCurry”

  1. Thaís
    25/05/2013 at 02:23 #

    Lindo, Gê! Como sempre!