Marc Riboud, o fotógrafo da magia

Fotógrafo da famosa Agência Magnum, onde trabalhou ao lado de mestres do fotojornalismo como Henri Cartier-Bresson e Robert Capa, Marc Riboud, francês de 1923, é considerado um gênio das fotos do século XX por vários motivos. Um deles, é sua capacidade de captar, no momento exato, situações que marcariam a história da humanidade. Seja por sorte ou competência, ou os dois juntos, sempre estava na hora certa no lugar certo.


Uma imagem emblemática, que ficou no imaginário coletivo é a de uma mulher com uma flor nas mãos enfrentando soldados com baionetas, em 1967, em Washington, durante uma manifestação contra a guerra do Vietnã. Quantas pessoas recentemente nessas manifestações vimos repetir o mesmo ato?
Outras duas imagens, não menos marcantes, mostram um pintor que parece dançar na Torre Eiffel e uma freira flertando com um taxista.

O fotógrafo aqui extrapolou o homem. Viveu para e através de suas lentes, apreciou em suas andanças o calor e a elegância das relações humanas e nos foi generoso, compartilhando essas belas imagens e momentos de magia….


Que ela esteja presente na vida de todos em 2014. Até lá!

Sem comentários ainda.