Raquel Sá

Temporada de Oscar

Começou a temporada de exibição dos filmes que serão possíveis candidatos ao Oscar – principal premiação cinematográfica de Hollywood. E, junto com estes longas-metragens, chegam produções que tiram a sua força da atuação de seus atores, caso de Capitão Phillips e Blue Jasmine.

Capitão Phillips é um thriller bem feito, baseado em fatos reais, que conta a história do capitão norte-americano Richard Phillips, que fica em poder de piratas somalis para salvar sua tripulação. A tensão é crescente e o astro Tom Hanks convence como o homem comum que se vê obrigado a virar herói para salvar a sua vida e a de outras pessoas. A identificação do espectador é maior com o personagem principal, porém o filme preocupa-se também em entender o “outro lado”, dando uma explicação para a ação daqueles jovens da Somália no ataque a navios estrangeiros.

O estilo do diretor Paul Greengrass (Supremacia Bourne e Vôo United 93), que gosta de criar suspense com cenas filmadas com câmera na mão e uma montagem ágil, faz com que o público não perceba que o filme é longo (133 minutos). E as boas atuaçoes de todo o elenco também seguram a atenção do espectador.


Já o novo trabalho de Woody Allen, Blue Jasmine, é um dramédia (drama + comédia) agradável, com a ação dividida entre São Francisco e Nova York, e cenas alternadas entre passado e presente. Após ter rodado filmes na França (Meia noite em Paris) e na Itália (Para Roma, com amor), o cineasta resolveu voltar pra casa e focar, com olhar ácido, a elite nova-iorquina. Cate Blanchett interpreta Jasmine, uma mulher fútil, acostumada a ser mimada pelo marido bilionário (Alec Baldwin). Mas, quando sua vida vira de ponta-cabeça e ela perde o rumo, é abrigada na casa simples da bondosa irmã (Sally Hawkins), caixa de supermercado na Califórnia.

O personagem de Cate lembra um pouco a célebre Blanche Dubois, que a atriz interpretou no teatro há alguns anos na remontagem de Um bonde chamado desejo. Ambas são um pouco alienadas e, por circunstâncias da vida, são obrigadas a recomeçar do zero, contando com a “ajuda de estranhos”.

Apesar de egoísta e desagradável em certos momentos, Jasmine consegue a empatia do público para se reerguer, mesmo que o caminho traçado por ela torne isso pouco provável.

A vaga de Hanks no Oscar ainda não está garantida na disputa de melhor ator, pois este ano a disputa entre os homens está acirradíssima, entretanto Cate Blanchett provavelmente estará entre as cinco concorrentes femininas, e é uma forte candidata a levar a estatueta para casa.

Capitão Phillips
Direção: Paul Greengrass
Roteiro: Billy Ray
Elenco: Tom Hanks, Barkhad Abdi, Catherine Keener, Chris Mulkey, , David Warshofsky, Amr El-Bayoumi, Angus Maclnnes, Barkhad Addirahman, Anthony Rios, Bob Dio, Corey Johnson, David Webber, Faysal Ahmed, George J. Vezina, Gigi Raines, IanRalph, John Magaro, Kapil Parikh, Kristin Waluk, Len Anderson IV, Louis Mahoney, Marc Anwar, Mark Holden, Omar Bedouni, Max Martini, Michael Chernus, Peter Landi, San Shella, Suzanne Prunty, Terence Anderson, Thomas Grube,  Tom Mariano, Vincenzo Nicoli, Will Bowden, Yul Vazquez
Gênero: Ação/Drama
Duração: 133 min
Censura: 14 anos

Blue Jasmine
Gênero: Comédia
Direção: Woody Allen
Roteiro: Woody Allen
Elenco: Cate Blanchett, Sally Hawkins, Alec Baldwin, Andrew Dice Clay, Bobby Cannavale, Peter Sarsgaard, Alden Ehrenreich, Michael Stuhlbarg, Louis C.K., Charlie Tahan, Jessiqa Pace, Kim Kopf, Max Casella, Tammy Blanchard, Vanessa Ross
Gênero: Drama/Comédia
Duração: 98 min
Censura: 12 anos

Sem comentários ainda.