Raquel Sá

Festival Internacional de Cinema de Brasília(BIFF)

Nesta semana e na próxima os cinéfilos brasilienses terão motivos para comemorar. Começa nesta quinta-feira (13 de junho) – e segue até o dia 23 –, a segunda edição do Festival Internacional de Cinema de Brasília (BIFF). Serão exibidos 50 longas-metragens de diversos países, sendo que vários deles são inéditos no país.

A mostra competitiva contará com representantes da Argentina, Paraguai, Chile, Espanha, Itália, Estados Unidos, Turquia, Senegal, China, Taiwan e Nova Zelândia. Foram selecionados 12 longas para concorrer a prêmios, no valor total de R$ 100 mil. Para participar desta mostra o diretor deverá estar em seu 1º, 2º ou, no máximo, no 3º filme.

A produção norte-americana Don Jon, estréia na direção do ator Joseph Gordon-Levitt, com elenco de estrelas (Scarlett Johansson e Julianne Moore) e Tese sobre um homicídio, de Hernán Goldfrid,  que tem como protagonista o astro argentino Ricardo Darin, estão entre os destaques da mostra competitiva do festival.

O evento ocorrerá, simultaneamente, no Museu Nacional da República e no Cine Cultura Liberty Mall. Os filmes estarão divididos em seis mostras (Competitiva, Krisis, América Del Sur, Panorama África e Mundo Animado). Além disso, há a sessão Grandes Estréias e as mesas de debate, que pretendem colocar em foco o mercado de cinema na América do Sul, as possibilidades de parceria entre Brasil e África e o papel das novas tecnologias no panorama atual.

 Na Mostra Krisis, por exemplo, serão exibidos seis documentários e na América del Sur, a produção recente do subcontinente.

 Já nas sessões de pré-estréia serão apresentadas ao público as produções recentes dos veteranos Bernardo Bertolucci (Eu e Você) e Marco Bellocchio (A bela que dorme), e o francês Uma primavera com minha mãe, de Stéphane Brize, escolhido para a sessão de abertura. Além do aguardado longa Antes da Meia-Noite, que fecha a cultuada trilogia romântica de Richard Linklater, formada por Antes do Amanhecer e Antes do Pôr do Sol.

 Na nova produção o norte-americano Jesse (Ethan Hawke) e a francesa Celine (Julie Delpy) enfrentam a crise de meia- idade passeando (e conversando) na Grécia. O primeiro filme foi lançado em 1995 e, desde então, o diretor revisita a história dos dois a cada nove anos, como ocorreu em 2004 e agora em 2013.

 As entradas para cada sessão custam R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia), mas é possível assistir a sessões gratuitas.

 A programação completa pode ser acessada na página oficial do festival http://biffestival.com/

Uma opinião para “Festival Internacional de Cinema de Brasília(BIFF)”

  1. maria eugenia sa
    15/06/2013 at 21:45 #

    gente!!!!! Só têm filmaço!!!Parabéns pelas escolhas…