Regina Motta

INSTALAÇÃO na ARTE CONTEMPORÂNEA

O termo INSTALAÇÃO foi incorporado ao vocabulário artístico em 1960. No entanto, Alexander CALDER, artista norte-americano ousou, em 1932, com a construção de seu primeiro “mobile”, hoje considerado uma Instalação.


A obra de Calder era constituída de finas lâminas de latão dobradas e coloridas suspensas por delicados fios de aço em que ele buscava o equilíbrio e o suave movimento das peças. Continuando nesta direção construiu obras de grande porte de mais de vinte metros cúbicos onde as formas flutuavam passando a sensação de leveza e mobilidade no espaço.


Instalação é arte múltipla. Insere elementos diversos como escultura, pintura, tecidos, objetos vários e, hoje, muita tecnologia. É sem dúvida a manifestação artística contemporânea por excelência. Algumas são efêmeras, já concebidas com esse fim, como as exibidas no New Museum de Nova York- ver post de 22/07/2014. Em geral concebidas com objetivo de interação com o público, como as do pioneiro e grande artista brasileiro Helio Oiticica- post de 25/08/2014 quando utilizava em seus trabalhos caixas, madeiras, areia, tecidos e muito espaço e cor.
Na atualidade, as Bienais acolhem grandes Instalações com perfeita integração de público com a arte que podem ser conferidas nos posts de 02/10/2012 e 02/10/2014.

As Instalações estão presentes nos maiores e mais importantes Museus de Arte Contemporânea do mundo. O Tate Modern, em Londres, dedica e essa expressão artística inúmeros salões. O Museu Inhotim, em Minas Gerais, apresenta belas e instigantes Instalações onde o espectador torna-se também artista.


Em Brasília, Instalações de Wagner Barja – post de 23/03/2015-e de Darlan Rosa-“ Casulo”, de caráter lúdico- podem ser visitadas no CCBB/ Centro Cultural do Banco do Brasil.

Vale a pena conferir, curtir e participar dessa manifestação artística.
REGINA MOTTA- Brasília, 18 de abril de 2015

REFERÊNCIAS:
– c&c- blog da cléa e companhia- Coluna De arte e de Artistas;
– 30ª e 31ª Bienais de São Paulo;
– Projeto Inhotim;
-Tate Modern Museum
– Fotos Internet.

Sem comentários ainda.