Cléa Sá

De Obama e outras novas

. Sou Obama desde criancinha. Acompanhei a apuração da eleição norte-americana até saber que sua vitória estava garantida. Talvez ele não seja tão bom politicamenete  como poderia ser, mas é melhor que Bush e semelhantes. E mais,  é charmoso, elegante. Enfim, voto nele.

. As chuvas chegaram aqui em Brasília. Felizmente! Respiramos melhor, dormimos melhor, estamos no céu.

. Flávio Faria está viajando de moto novamente pela América do Sul. Vai com um amigo a Ushuaia. Para quem quiser acompanhar suas aventuras o site é www.ushuaiaemdosedupl.blogspot.com .

. Até que enfim vi o filme em que Dina Brandão foi premiada como melhor atriz no Festival do Cinema Brasileiro de Miami. É Dona Custódia, baseado em conto de Fernando Sabino. Embora leiga no assunto, achei o desempenho de Dina muito bom.  E não é só minha opinião. Os amigos que estavam aqui e  viram o filme ficaram encantados. Parabéns, Dina!

. Terminei de ler   Eichemann em Jerusalém, de Hannah Arendt, que me impressionou muito. Ela analisa o julgamento de Eichemann pelos crimes que cometeu durante a época do nazismo na Alemanha e faz revelações surpreendentes. E é nesse livro que desenvolve o conceito da “banalidade do mal”, pois o Eichemann, que se encarregou do transporte de milhares e milhares de judeus para os campos de extermínio,  se considerava um homem bom, “incapaz de ver sangue”. Era, como dizia, um bom funcionário que cumpria religiosamente as ordens que lhe eram dadas.

. Vicente Sá está terminando um novo livro de poesias. Aguardemos.

 

Sem comentários ainda.