Cléa Sá

Adeus, Brito

Álvaro Luís Kassab

Brito, caipira galego de olhos azuis cristalinos, batia firme em três ou quatro peças do mais puro Canastra. As pancadas, algo próximo de um murro, eram firmes e secas. Feito o teste, elegia, pelo som, aquela que julgava do meu agrado. Tirava com destreza uma lasca e, na ponta da faca afiadíssima, fincava o pedaço de queijo para minha degustação. Dificilmente errava. Esse ritual, só possível em feiras livres e vivenciado por mim a pouco mais de 10 metros da minha janela na firma, repetiu-se nos últimos 13 anos, todas as quartas-feiras.

Lá pelas 8h30, Brito encostava sua velha Kombi na melhor sombra da praça. Sempre admirei sua destreza no ofício de montar a barraca e descarregar a infinidade de caixas repletas de produtos artesanais da melhor qualidade, a maioria condenada pela legislação que asfixia os pequenos produtores, a começar daqueles que vivem da confecção do Canastra, hoje confinados e passando necessidade na serra que dá nome ao queijo. Sua banca é de um colorido especial: doces, linguiças, especiarias, conservas, frutas secas, potes reluzentes de mimos anônimos e indecifráveis…

Brito sempre me chamou de “meu amigo”. Sim, nossa amizade era sólida, transcendia em muito a minha condição de consumidor saudoso dos produtos exóticos das férias na roça. Tê-lo como interlocutor sempre me pareceu um privilégio sem tamanho. Conversar com ele era um refrigério, uma oportunidade de ignorar a física quântica, de fugir das discussões aborrecidas acerca do destino do país e – por que não – do mundo…, com o bônus de ganhar um naco do legítimo Canastra. Desconfio até que ele intuía que eu era descendente direto de uma estirpe de mascates…O universo estava ali, na simplicidade daquele homem.

Acabo de saber que Brito não resistiu a um cateterismo, logo ele, cuja força sempre me comoveu, assim como sua sabedoria. Ainda tenho cerca de um quarto da última peça escolhida por ele. Amanhã é quarta-feira.

Uma opinião para “Adeus, Brito”

  1. Andrés Ibarra
    09/08/2013 at 16:32 #

    Ótimo!