Arquivo | fevereiro, 2013

Salvador Dali

SALVADOR DOMINGO FELIPE JACINTO DALÍ I DOMENECH, assim mesmo, era o nome do completo e complexo artista catalão. O Marquês de Dalí e Púbol. Nascido em Figueres, Catalunha, Espanha, em 11 de maio de 1904, ali faleceu aos 84 anos, em 23 de janeiro de 1989. Filho da classe média e nobre da Espanha, mimado […]

Deixe um comentário Continue Lendo →

Recital da autora

Musa, não ser um boxeador é literalmente não existir. Nos recusaste a multidão ululante. Uma dúzia de pessoas na sala, já é hora de começar a fala. Metade  veio porque está chovendo, o resto é parente. O’ Musa.   As mulheres adorariam desmaiar nesta noite outonal, e vão, mas só ao assistir a uma luta […]

Deixe um comentário Continue Lendo →

Dorothea Lange

Talento e delicadeza fazem de Dorothea Lange uma fotógrafa poderosa USA,(1895-1965) A crise econômica é uma certeza cíclica inerente ao capitalismo, assim como as guerras parecem ser na humanidade. Por isso é tão importante documentar com força e sensibilidade seus efeitos nas pessoas. Após a quebra da Bolsa de Nova York em 1929, Dorothea Lange […]

2 Comentários Continue Lendo →

Sobre a homofobia

Escutei, ontem, no rádio duas notícias tristes: um casal de mulheres brigava em frente a um bar e alguém chamou a polícia. Não consigo lembrar o nome da cidade, mas deve ser uma do entorno de Brasília pois os policiais que atenderam à ocorrência eram de Goiás. As mulheres foram agredidas verbal e fisicamente pelos soldados, […]

Deixe um comentário Continue Lendo →

Sem título

Esta noite eu pousei na árvore da morte. Mas o vento do mundo arrebatou-me, vivo. E, no pouso tristonho da gaiola, Vi-me de novo pássaro cativo.     Chegaram novas de um país distante E tanto palpitou meu coração, Que, com certeza, sem que eu mesmo o saiba, Meu bem e meus tesouros lá estão… […]

Deixe um comentário Continue Lendo →

O gosto pelas palavras

Gosto que me enrosco dessa palavra – aleatória . E de outras tantas mais. Gosto dela porque gosto de acaso, avulso, inevitável. Inevitável – acho-a instigante e ao mesmo tempo confortável. Instigante por sua aparência de imponderabilidade, daquilo que não pode ser evitado. Confortável porque, como é inevitável, parece que nos autoriza: relaxe e goze. […]

Deixe um comentário Continue Lendo →

As boas coisas da vida

  . Aqueles momentos que antecedem o começo de uma peça de teatro: as pessoas chegando, o teatro se enchendo, o burburinho, o primeiro sinal de luz, ou de som, o segundo, a expectativa, a peça será boa, o terceiro sinal, vai começar. Abre o pano. Ou entram os artistas. Amo.   .Quando estou dirigindo, […]

Deixe um comentário Continue Lendo →

A Gata e o Bonde

Cinema é fotografia em movimento, a 24 quadros por segundo. Apesar da diferença de equipamentos, a técnica tem suas semelhanças. Tudo é uma questão de luz, de profundidade, de sensibilidade para dar o tom, textura e sombras corretas. Na época do analógico então, sem os recursos de computação de um Avatar, o domínio de lentes […]

Deixe um comentário Continue Lendo →

Manoel de Barros

O mundo meu é pequeno, Senhor. Tem um rio e um pouco de árvores. Nossa casa foi feita de costas para o rio. Formigas recortam roseiras da avó. Nos fundos do quintal há um menino e suas latas maravilhosas. Seu olho exagera o azul. Todas as coisas deste lugar já estão comprometidas com aves. Aqui, […]

Deixe um comentário Continue Lendo →